top of page

Não demonize a insulina!!

Insulina não causa ganho de peso automaticamente. Muitos pensam que os carboidratos imediatamente causam o ganho de peso e gordura devido à resposta insulínica e que devemos evitar de todas as maneiras os temidos “picos de insulina”. Temer fontes de carboidrato e se basear em índice glicêmico é tão 2005. Se um texto começa com “não tem embasamento cientifico”, por favor, pare de ler imediatamente. A tese é que carboidrato-insulina dirige nutrientes para que eles sejam armazenados em forma de gordura, deixando o resto do seu corpo em níveis baixos de energia, o que o leva a comer em excesso, pois você se sente fraco e sem energia. Mas adivinha? Proteína causa a mesma secreção de insulina que carboidratos. Um estudo de Holt et al. (1997) mostrou que proteína pode causar a mesma secreção de insulina que os temidos carboidratos. Se insulina resultasse no ganho de gordura e aumento de apetite, então nós veríamos os mesmos “efeitos” quando a proteína proporcionasse um pico de insulina, massss isso NUNCA foi observado. De fato, dietas ricas em proteína são de extrema eficácia em uma jornada de perda de gordura e na manutenção do peso perdido após uma dieta. O cientista Pal et al. (2010) descobriu que proteínas mais insulinogênicas levaram a uma maior supressão do apetite e menor consumo de energia. A insulina não é o bicho papão que estoca gordura magicamente. Tudo ainda se resume a balanço energético: Se você está ganhando gordura – você está consumindo mais calorias do que está gastando. Desculpe, mas calorias são 99% da equação e não o quanto de batata doce você suporta comer! Na segunda imagem podemos afirmar que se insulina fosse realmente mais importante que calorias, teríamos concluído que dietas mais insulinogênicas causariam maior ganho de gordura e impediriam a perda de peso, quando comparadas à dietas com menores níveis de insulina e com as calorias controladas. Isso NUNCA foi observado.

No gráfico 02, eles compararam duas dietas: alta em açúcar (acima de 100g por dia) ou baixa em açúcar (~ 10g por dia), mas todas as outras variáveis (proteína, carboidratos, gordura, calorias) foram equiparadas. Adivinha o que eles viram?NADA.

Nenhuma diferença na perda de gordura entre os grupos. Quer mais? Ambos os grupos melhoraram todos os marcadores de sangue. É isso mesmo, o grupo comendo 100g de açúcar por dia melhorou o colesterol sanguíneo! Por quê? Porque eles estavam em déficit calórico! Desculpe charlatães.

A lógica médica fitness de fato é algo fascinante. Você pode usar: testosterona, GH, oxandrolona e diuréticos, mas arroz branco e biscoito oreo te matam? WTF! rsrs! Procure sempre um nutricionista. E para finalizar: Não importa a técnica de dieta que você escolha, toda dieta deve ser flexível e isso não é nada novo...CHEGA DE TERRORISMO NUTRICIONAL!

119 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page