top of page

Hipocrisia Nutricional - Parte 01

Não coma sódio, não coma peito de peru, alimentos processados são proibidos,

cuidado com a carne vermelha, não coma pão francês - o glúten é o demônio em forma de trigo, não consuma álcool, gaste suas economias em orgânicos, fuja do queijo - sua gordura é letal, leite de vaca faz mal a saúde, coma de três em três horas, refrigerantes são assassinos, adoçante causa câncer e açúcar é igual cocaína. Essas frases parecem comuns? Aposto do fundo do meu coração que todos que já frequentaram um nutricionista escutaram essas afirmações. A grande realidade é que a maioria desses profissionais são como ovelhas - absorvem esse tipo de informação e não indagam, não pesquisam, não estudam e passam essas asneiras adiante. Eu tenho um segredo para você: que quer perder peso, que quando vai ao nutricionista sai mais triste do que alegre e nunca mais retorna. Eu tenho um segredo para você: que sonha em atingir um físico de competição, mas infelizmente ainda não conseguiu, pois nunca teve uma instrução baseada em ciência, mas apenas em falácias. Sabe aquele nutricionista que corta tudo o que você ama, passa alimentos da moda, sal do Himalaia, um monte de suplementos e vitaminas, posta apenas fotos de pratos com baixo teor calórico e diz que sai da dieta uma vez a cada cinquenta refeições? Esse profissional é um HIPÓCRITA. Quem vive dessa forma apresenta um percentual de gordura de 5%, algo visto usualmente em um Fisiculturista, que para conquistar um condicionamento específico para um SHOW passa por grande restrição calórica aliada de muito treinamento. O profissional extremamente restritivo geralmente é magro, mas não é seco e se você o seguir por ai, garanto que o verá frequentado casas de hambúrgueres, bares, shows de música regados a álcool, sorveterias e etc. Não que exista algo de errado com isso, pois não há. Afinal, todos somos humanos e devemos aproveitar a vida. O errado, porém, é fazer o paciente se sentir culpado por ter uma determinada conduta alimentar, o errado é um profissional pregar o impossível dentro do consultório e sair por ai comendo todas as gostosuras bem escondidinho das redes sociais. O papel do bom nutricionista não é restringir nem humilhar as pessoas, mas sim instruir, sugerir alimentos ricos em fibras vitaminas e minerais e "encaixar" o alimento que o paciente não consegue abdicar no plano alimentar que irá prescrever. Preferências alimentares sempre devem ser levadas em consideração. O paciente agradece. Afinal quem gosta de comer e sentir culpado? Quem gosta de comer e se punir com horas na esteira? Não é a toa que 95% das dietas falham, elas requerem perfeição e ninguém é perfeito. Tenho escutado ultimamente que o segredo é COMER LIMPO. Engraçado, pesquisei por inúmeras horas e não encontrei definição para comida limpa. Sou formado em nutrição e não sabia que existiam comidas limpas e sujas, para mim COMIDA é COMIDA!

163 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page