top of page

Dieta do coach vs Dieta do nutri!

Antes de entrarmos na faculdade de nutrição investimos muito do nosso dinheiro em Coachs sem formação acadêmica. Ambos começamos a competir em 2010, mas como não tínhamos conhecimento em nutrição, nós acreditávamos fielmente em tudo o que era prescrito. O pior de tudo era que 99% dos protocolos já estavam prontos, esperando apenas o cliente efetuar o pagamento para encaminhar o e-mail. Muitos dos coachs, inclusive, nos encaminhavam protocolos no bloco de notas do celular. E ao conversar com colegas que também contrataram o serviço, pasmem: os protocolos eram os mesmos, independentemente de peso, gênero, idade, etc. Para terem uma ideia, hoje em dia, já formados em nutrição, demoramos cerca de duas a três horas para confeccionar um protocolo de qualidade para um paciente. Calcular uma dieta PERSONALIZADA não é fácil. Leva tempo, atenção, dedicação e empatia.

Portanto, infelizmente, seguir esses protocolos era muito difícil e gerava muita ansiedade, mau humor e afetava diretamente na nossa saúde, no nosso relacionamento com a comida, com nós mesmos e também com nossos amigos e familiares. Comer apenas alguns alimentos NÃO é o ideal, pois nenhum alimento fornece todos os nutrientes necessários. Por isso, variedade é importante. Além disso, ficar restrito a poucos alimentos, limitando também aqueles que você gosta, pode fazer com que você fique com muito mais vontade de comer esses alimentos “proibidos”. O isolamento social acabou se tornando uma consequência, já que não podíamos comer nada e estávamos sempre mal-humorados. Afinal, quem quer ficar vendo todo mundo comer pizza, enquanto abre a marmita para comer um frango frio? A insatisfação corporal pode aumentar, pois você sente que está dando o máximo e deixando de fazer diversas coisas para não ter resultado. Muitas vezes não temos resultados exatamente por não conseguir seguir um protocolo como esse, mas também pode ser pela ingestão muito baixa de calorias (nosso corpo é muito inteligente, e com o tempo passará a estocar como segurança). E, para finalizar, acho que não precisamos destacar como a relação com os alimentos pode ser afetada após uma dieta como essa, certo??

Nós já respiramos dietas restritivas e podemos afirmar com toda a certeza: NÃO VALE A PENA e não há nada na literatura que afirme que a restrição gera resultados melhores que uma conduta flexível. Sim, eu também me refiro a exames de sangue e performance. Coma com qualidade, mas com variedade e prazer. Seu corpo e alma agradecem. Procure sempre um nutricionista.

44 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page